DROGAS! A EXPERIÊNCIA QUE PODE MATAR.

     
 

 

Para iniciar estas informações, devo lembrar o titulo da ultima matéria, que publicamos aqui no PH; (DEIXEM AS DROGAS, VIVA FELIZ À VIDA!), lembrando no entanto que todas, nossas e de outros ótimos colunistas, podem ser lidas em qualquer dia ou tempo no site domínio do Jornal, www.jornalprimeira.com.br para em seguida me reportar aos jovens e pais que através de vários e-mails, me perguntam como ficar longe, não experimentar etc...O melhor, em meu ponto de vista, é contra elas, as drogas, nos prevenirmos e diariamente, lembrando que temos as ilícitas proibidas vendidas às escondidas pelo crime e as licitas, vendidas nas farmácias, como tendo formulas mágicas para nos tirar da depressão, emagrecer os gordos ou ajudar que os que estão engordando, fazer dormir os preocupados ou deixar acordado, os que acham ser possível privar o corpo de um bom e tranqüilo sono. Estas farmácias, por questão de coerência, vendem na maioria das vezes licitamente DROGAS, que poderiam ser dispensadas pelos usuários, que optassem por qualidade de vida. Deve ser por isto que elas são legalmente chamadas de drogarias, que na minha opinião e de muitos que já conhecem os malefícios da dependência química, reforça a idéia de que a prevenção ao seu uso e suas conseqüências é sempre melhor e mais barato do que qualquer tipo de tratamento. Ao cuidar da nossa saúde, fazendo exercícios regularmente e procurando, ser uma pessoa bem informada e participativa na sua própria família, escola e na comunidade, você não estará somente se ajudando, será um positivo balizamento para seus amigos e alguém que eles possam contar e se espelharem, quando tiverem alguma dúvida e precisarem de uma sadia e firme orientação pessoal. O grande risco esta na mentirosa e falsa informação que para evitar as drogas é preciso experimentá-las. Isto é uma grande e deslavada mentira. Particularmente não acredito que para fazer ou não se fazer algumas coisas que sabemos ser perigosa, maléficas ou dolorosas tínhamos que fazer uma ou mais experiência. Se assim fosse, nossos pais ou amigos, as teses em livros e os sábios nos recomendariam dar, antes de usar o martelo corretamente, uma martelada em um de nossos dedos para ter com esta experiência a certeza que dói. A nossa grande e constante preocupação é agora, já! Não podemos e não devemos permitir que a maioria, se possível dos jovens, façam experiências com qualquer tipo de droga, principalmente com as ilícitas e atentos os aconselhemos a substituir a licitas, por vida saudável, promovendo a sua volta qualidade de vida. Meu grande orientador, sobre política antidrogas e prevenção, através de dezenas de palestras que dele ouvi e literatura que ele sabiamente produziu, foi de meu querido e pessoal amigo, Dr. Elias Murad. Tudo que dele ouvi, estudei e concordo; Principalmente ser possível, salvar a maioria dos nossos jovens brasileiros. Em uma de suas informações me alertou para o seguinte fato. Se olharmos o lado complementar e positivo das estatísticas, elas revelam coisas às vezes surpreendentes. Sabe-se que 15% dos estudantes brasileiros já usou solventes e inalantes pelo menos uma vez na vida. Ou seja, isto quer dizer também que 85% dos estudantes brasileiros nunca usou nenhum tipo de solvente e inalante. Ou seja, graças a Deus e a tantas lutas de pessoas anônimas do bem deste nosso imenso país, a maioria esmagadora dos jovens brasileiros, nunca usou este tipo de substância. Se você também nunca usou estas drogas, solventes e inalantes, receba de imediato os meus cumprimentos e meus votos que também, não se façam presente como consumidores de outras drogas. Uma coisa é certa, é sempre a experiência o caminho que leva a dependência química, que é um estado terrível, em que a alegria e euforia provocada pela efemeridade da curiosidade são substituídas pela necessidade e pelo sofrimento quando falta a droga. Por mais que a pessoa use e defenda seu uso, chega um dia em que surge à vontade de parar, por que tem que se redimir de problemas causados a familiares e amigos, pois todos mais cedo ou mais tarde, têm que trabalhar, dormir, voltar aos estudos etc.... Mas o inverso vai aos poucos, deixando estas e outras coisas, que antes eram o centro da vida do dependente, que se afastou da família e o levou a se asilar dentro de si mesmo. A vida deste jovem passa a ser conseguir dinheiro para comprar, depois arranjar um lugar para usar e curtir o barato e depois dormir para se recuperar e no dia seguinte começar tudo de novo. Nestas horas ela está precisando de um tratamento para parar de usar a droga, pois ela perdeu o controle e precisa de ajuda para se recuperar. Grande parte dos problemas relacionado ao uso de drogas é conseqüência do descontrole emocional. Isto inclui sofrer e provocar acidentes, brigas, quedas, afogamentos; ter seu rendimento na escola ou no trabalho diminuído até, a prática de sexo inseguro, forçar ou ser forçado a manter relações sexuais, e assim vai, uma série enorme de problemas e riscos que se somará a problemas com a família e com a justiça ou o pior...com o traficante, ou ainda sofrer uma overdose, e suicidar-se. É por isto que finalizo esta matéria com o titulo. Drogas! A experiência que pode matar.



* É PRESIDENTE NACIONAL DAS COMUNIDADES TERAPÊUTICAS CRER-VIP E PAN-BRAS - PROJETO ANTIDROGAS BRASIL. Mais Informações; www.crervip.org.br- Mais matéria desta coluna; www.jornalprimeirahora.com.br- Pessoas jurídicas ou físicas podem se tornar sócios mantenedores do crer-vip e ajudar a recuperar crianças, adolescentes e adultos, vitimas do álcool e das drogas do INTERNATO REGIÃO DOS LAGOS, da Estrada Baía Formosa 700,Búzios / RJ: (22)2620-8933. Contribuições ; Podem e são dedutíveis do Imposto de Rendas.

 
     
 
Notícia Publicada em: 12/06/2007

 

TELEFONES DE CONTATO

Regional Grande BH-MG - (031) 3621-6000
Reg.Consel.Lafaiete-MG - (031) 3763-5233
Regional dos Lagos - RJ - (022) 9814-1019
Regional Araruama - RJ - (022) 9973-8289

OUTROS CONTATOS
SOS-CRER-VIDA/VIP DIFERENCIADO
Triagem Central BÚZIOS 022-9814-1019
crervip@crer-vip.org.br
contato@crer-vip.org.br
NOTICIAS SOBRE DROGAS

Matérias em nossa TV CRER-VIP

Jornal Primeira Hora. Conheça a Coluna do nosso Presidente José Gonzaga.
Clique Aqui