O FUMO... MESMO VESTIDOS DE CIGARROS, TEM AS DROGAS QUE MATAM... 8ª PARTE

     
 

 

Atenção: Meu compromisso pessoal e também nesta coluna é o de prevenir as pessoas sobre o uso de drogas e na medida do possível, temos cada vez mais aliados dispostos a nos ajudar a minimizar os efeitos maléficos de toda dependência química, tão presente e existente em nossas vidas atuais, consumindo amigos e familiares, enfim, até pessoas que não conhecemos, mas sabemos estar precisando de informações, claras e capazes de levá-los a se afastarem, do álcool e das drogas. Não é tarefa simpática nem fácil, visto que qualidade de vida mais longa e saudável requer determinadas privações. Às vezes nós que somos formadores de opinião, temos que ter a mesma técnica dos fabricantes e fornecedores destes agentes químicos que tanto mal fazem a todo ser humano ou, seja; Repetir, repetir e repetir as mesmas informações. Eles falam bem, acrescentando os prazeres do cigarro, do álcool, das anfetaminas etc...Em múltiplas e orquestrada campanhas. Nós sem o custo das mesmas fabulosas verbas e logísticas institucionalizadas escrevemos o oposto, sempre alertando a efemeridade e o mal que as drogas produzem. Por este motivo continuarei repetindo, repetindo e hoje quero iniciar a recapitulação de argumentos e textos que já reportei nesta coluna. O uso do fumo durante a gravidez traz conseqüências ainda mais terríveis, pois afeta também a criança. A nicotina diminui a quantidade de oxigênio e de nutrientes para o feto. Eis algumas destas conseqüências: Aumenta a probabilidade de abortos, partos prematuros e mortalidade fetal. Maior risco de morte súbita do bebê, problemas pulmonares e anomalias fetais. Quanto maior o número de cigarros fumados, menor o peso do recém-nascido. Pode haver intoxicação pela nicotina durante a amamentação, causando agitação, diarréia, irritabilidade e taquicardia no bebê. Aumenta a probabilidade do recém nascido contrair pneumonia e bronquite. Desenvolvimento físico e mental em geral inferior aos filhos de mães não fumantes. Outro grande problema na questão do fumo são os chamados fumantes passivos. Estes desavisados não fumantes expostos constantemente à fumaça de cigarro têm aumentado o risco de câncer em 10 a 30%. As crianças com pais fumantes são as mais atingidas, apresentando com maior freqüência, problemas respiratórios agudos. Estima-se que cerca de 20% dos casos de câncer de pulmão são, infelizmente em fumantes passivos. Por isto recomendamos, se em seu local de trabalho existe tabagista, primeiro com muito carinho, solicite que fume fora do local. Mas...Se ele não atender, tome em nome da sua qualidade de vida, sérias providências... E garanta o seu futuro. Um dos mitos que cercam esta droga é o de que cigarros com baixos teores são mais seguros do que os cigarros comuns. Os fumantes costumam compensar estes teores em tese reduzidos, tragando com mais força, mais demoradamente, ou simplesmente fumando um número maior de cigarros. A dimensão dos problemas causados pela dependência do tabaco é gigantesca. Uma coisa é certa, os sintomas físicos e psicológicos que esta droga sinaliza no organismo do usuário, são os grandes responsáveis pela dificuldade que eles encontram quando pensam em largar o vício. ATENÇÃO...ATENÇÃO... OMS (ORGANIZAÇÃO MUNDIAL PELA SAÚDE) INFORMA: A França vai proibir o fumo na maioria dos espaços públicos a partir de 1º de janeiro de 2007 e, em bares, restaurantes e hotéis um ano depois, informou neste sábado algumas agencias internacionais. A Irlanda foi o primeiro país a estabelecer a proibição em escala nacional em 2004. Espanha, Itália, Suécia, Escócia e Noruega seguiram o exemplo em diferentes graus. No documento, os parlamentares franceses, apontam que a cada ano morrem, milhares de «fumantes passivos,» estatisticamente no total, cerca de 66.000 tabagistas falecem anualmente na França. A Bélgica, Grã-Bretanha e Portugal esperam determinar leis de restrições no próximo ano. No Brasil graças à luta de meu incansável amigo, com quem muito convivi e aprendi para ajudar as vitimas do álcool e drogas, o ex-Deputado Federal, Medico e Professor Dr. Elias Murad, fez, defendeu e conseguiu aprovar uma ótima Lei com estes mesmos objetivos, só que como outras leis Brasileiras, enquanto 200.000 brasileiros morrem, ANUALMENTE vitima do fumo, ela esta engavetada e as autoridades não obriga ninguém a cumpri-la. Como diria o famoso ancora Boris Cazoy «ISSO É UMA VERGONHA».

JOSÉ GONZAGA É PRESIDENTE NACIONAL DAS COMUNIDADES TERAPÊUTICAS CRER-VIP E PAN-BRAS - PROJETO ANTIDROGAS BRASIL. Pedidos de internações, de palestra, tratamento ambulatorial e Informações; www.crer-vip.org.br Mais matéria desta coluna, estão a disposição no site www.jornalprimeirahora.com.br

PESSOAS JURÍDICAS OU FÍSICAS PODEM SE TORNAR SÓCIOS MANTENEDORES DO CRER-VIP e ajudar a recuperar crianças, adolescentes e adultos vitimas do álcool e das drogas. Para fazer atendimento Ambulatorial e triagem para internamentos de dependentes químicos aqui da Região dos Lagos, a casa que servia para tal antes da existência do internato, esta sendo reformada e plenamente funcionará a partir do final deste ano, na Marina Porto Búzios. Até lá a Diretoria Nacional, coloca a disposição dos interessados a CENTRAL TELEFÔNICA NACIONAL DE TODAS INFORMAÇÕES, S.O.S CRER-VIP; 0XX313621-6000: Atenção: Todas contribuições feitas corretamente e declaradas anualmente... Podem e são dedutíveis do Imposto de Rendas.

 
     
 
Notícia Publicada em: 17/10/2006

 

TELEFONES DE CONTATO

Regional Grande BH-MG - (031) 3621-6000
Reg.Consel.Lafaiete-MG - (031) 3763-5233
Regional dos Lagos - RJ - (022) 9814-1019
Regional Araruama - RJ - (022) 9973-8289

OUTROS CONTATOS
SOS-CRER-VIDA/VIP DIFERENCIADO
Triagem Central BÚZIOS 022-9814-1019
crervip@crer-vip.org.br
contato@crer-vip.org.br
NOTICIAS SOBRE DROGAS

Matérias em nossa TV CRER-VIP

Jornal Primeira Hora. Conheça a Coluna do nosso Presidente José Gonzaga.
Clique Aqui